CONFERÊNCIA DE ABERTURA

Serge Margel – Universidade de Neuchâtel (Suiça)

É pesquisador do Fonds National Suisse de la Recherche Scientifique, professor da Universidade de Neuchâtel e professor visitante da UnB. Com formação em filosofia e ciências da religião, tem uma extensa bibliografia publicada sobre as relações entre filosofia, literatura, cinema, sociedade e religiões. No Brasil, foi publicado seu livro 'Arqueologias do fantasma: técnica, cinema, etnografia, arquivo' (2017) pela editora Relicário.

CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO

Jean Léo Léonard - Universite Montpellier (França)

MESA 01

Dra. Rejane Cristina Rocha (UFSCar)

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998), Mestrado (2002) e Doutorado (2006) em Estudos Literários pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. É docente associada do Departamento de Letras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desde 2008, e do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura (CECH/UFSCar). Pesquisa a narrativa brasileira dos anos 80 aos nossos dias e a relação entre a literatura e as novas mídias. Lidera o Grupo de Pesquisa Literatura e Tempo Presente - UFSCar (CNPq).

PROJETO DE PESQUISA: Observatório da Literatura Digital Brasileira. Fase 1: construção de repositório

RESUMO: A emergência e a popularização das mídias digitais têm possibilitado o surgimento de produções literárias em consonância com as potencialidades dos novos meios e que exigem uma abordagem teórico-analítica atenta às especificidades de uma poética também emergente, aos novos espaços de inscrição, de circulação e de leitura do literário, aos paradigmas de legitimação e de valoração da literatura, construídos e consolidados às expensas da textualidade impressa. Em atenção a esse contexto, este projeto tem como objetivo a construção de um repositório da literatura digital em língua portuguesa, primeira etapa de um projeto que prevê a construção de um observatório da literatura digital em língua portuguesa. Seus principais objetivos são: i) mapear, organizar e disponibilizar, em um repositório online de acesso gratuito, as obras literárias digitais em língua portuguesa, bem como informações sobre seus autores e recensões críticas - informações essas atualmente dispersas em diferentes plataformas e locais; ii) armazenar as obras, preservando-as, tanto quanto possível, da obsolescência dos softwares, o que possibilitará iii) a documentação de uma produção literária nascente e iv) subsidiará outros projetos acerca da produção, da leitura, da circulação da literatura no contexto digital.

Dr. Marcelo El Khouri Buzato (UNICAMP)

É Bacharel em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995), Mestre em Linguísticas Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2001) e Doutor em linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2007), com estágio pós-doutoral realizado na Universidade da Califórnia em San Diego em 2015-2016. Atualmente é Professor livre-docente da Universidade Estadual de Campinas e coordenador do Programa de Pós-graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual de Campinas (2017 - 2019). Tem experiência na área de linguística Aplicada, atuando principalmente na área de concentração "Linguagem e Sociedade", linha de pesquisa "Linguagens e Tecnologias". Membro do conselho editorial da Revista Brasileira de Linguística Aplicada e da revista Trabalhos em Linguística Aplicada entre outras. Participa do GT Linguagem e Tecnologias da ANPOLL. Coordena o grupo de pesquisa Linguagem, Tecnologias e Pós-humanidade/sociedade, do CNPq.

Dr. Diógenes Buenos Aires (UESPI)

Possui graduação em Letras/Português (UESPI), Especialização em Leitura e Produção de Textos (PUCMinas), Mestrado e Doutorado em Letras (PUCRS/CAPES). Realizou estágio de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES) no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo (UPF). Professor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), atuando na Graduação em Letras e no Mestrado Acadêmico em Letras. Coordenou o curso de graduação em Letras/Português, o Mestrado Acadêmico em Letras e foi Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação. Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPI. Editor-chefe do periódico eletrônico Letras em Revista (UESPI/https://ojs.uespi.br/index.php/ler), Coordenador do GT Leitura e Literatura infantil e juvenil da ANPOLL (www.gtllij.com.br) e integrante da RELER ? Rede de Estudos Avançados em Leitura (Cátedra UNESCO de Leitura/iiLer ? Instituto Interdisciplinar de Leitura - PUC Rio) e do Grupo de Pesquisa A narrativa ficcional para crianças e jovens: teorias e práticas (UERJ). Coordenador do Grupo de Pesquisa Literatura, Leitura e ensino (CNPq/UESPI). Autor dos livros As crianças contam as histórias: os horizontes dos leitores de diferentes classes sociais (Edufpi), que recebeu o selo de Altamente Recomendável pela FNLIJ, e A adaptação literária para crianças e jovens: Robinson Crusoé no Brasil (Edufpi/CRV). Organizou em parceria os livros Quando se lê a literatura infantil e juvenil, o que se lê? Como se lê? (Bonecker), Linguagens, cultura e ensino (Paco Editorial), Estudos de Gênero e a Literatura para Crianças e Jovens: um diálogo pertinente (EDUCS), Literatura, contemporaneidade e ensino (Max Limonad), Literatura, sujeitos de gênero e outros discursos (Edufpi), Literatura e gênero: alteridade e poder (des)construindo paradigmas (Edufpi), Literatura e gênero: relações de poder e representações literárias (Edufpi). Membro do corpo editorial dos seguintes periódicos: FronteiraZ, EntreLetras (UFT), Carta CEPRO, Tecnia (IFG), Caderno Seminal Digital (UERJ), Textura (Ulbra), Signo (UNISC), Literatura em Debate (URI), Kalíope (PUCSP), Nome - Revista de Letras (UFG), Cadernos do Aplicação (UFRGS), Signos (Univates), e Pesquisa em Foco (UEMA). Desenvolveu atividades de docência nos ensinos fundamental e médio em escolas públicas/privadas e na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), no campus de Caxias - MA. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: Estética da Recepção, Literatura infantil e juvenil, Adaptação literária, Formação do leitor, Ensino de literatura, Letramentos literário e digital. ORCID https://orcid.org/0000-0002-1593-4952

MESA 02

Dr. Bernardo José de Moraes Bueno (PUCRS)

Professor da Escola de Humanidades da PUCRS. Professor permanente do programa de pós-graduação em Letras, atuando também como membro da comissão coordenadora. Leciona nos cursos de graduação em Letras e Escrita Criativa. Coordenador e cofundador do curso de graduação em Escrita Criativa na PUCRS. PhD em Creative and Critical Writing pela University of East Anglia (Inglaterra), onde também atuou como professor assistente. Possui Mestrado em Letras (Teoria da Literatura com ênfase em Escrita Criativa) pela PUCRS. Realizou estágio pós-doutoral na área de Humanidades Digitais no Electronic Textual Cultures Lab (ETCL) na University of Victoria (Canadá). Coordena o Grupo de Pesquisas e Estudos em Tecnologia e Ficção (TECFIC) e co-orienta o Grupo de Pesquisa sobre a Teoria da Escrita Criativa com o Prof. Luiz Antonio de Assis Brasil. Editor da Scriptorium - revista de Escrita Criativa da Pós-graduação em Letras da PUCRS. Autor de "Dias Lendários" (romance, Bestiário, 2020) e "Minimundo" (contos, IEL, 2006 e Dublinense, 2014). Suas áreas de interesse são Escrita Criativa, Ficção, Poesia, Letras, Literatura de Gênero, Cultura Geek, Literatura e Tecnologia e Humanidades Digitais.

Dr. Pablo Alexandre Gobira de Souza Ricardo (UEMG)

Professor da Escola Guignard (UEMG), do PPGArtes (UEMG) e do PPGGOC (UFMG). Membro pesquisador e gestor de serviços da Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital do IBICT/MCTI. Coordenador do grupo de pesquisa (CNPq) Laboratório de Poéticas Fronteiriças [http://labfront.tk]. Escritor e editor dos livros: "A memória do digital e outras questões das artes e museologia" (EdUEMG, 2019), "Percursos contemporâneos: realidades da arte, ciência e tecnologia" (EdUEMG, 2018), "Configurações do pós-digital: arte e cultura tecnológicas" (EdUEMG, 2017), "Refletindo sobre a cultura" (EdUEMG, 2017), "Jogos e sociedade" (Crisálida, 2012), Walter Benjamin "Lado B" (Crisálida, 2011) dentre outros livros e artigos. Pesquisador dos grupos "Estudos e Práticas de Preservação Digital" e "Núcleo de Estudos dos Acervos de Escritores Mineiros". Atua: na curadoria, criação e produção no campo da cultura, artes digitais e ciências; como professor em cursos de fronteira como o Curso de Engenharia de Máquinas Biológicas (UFMG, UEMG, UFV e Newton Paiva); curadoria de bienal, exposições e residências artísticas. É coordenador do Programa Institucional de Extensão (UEMG) Direitos à Produção e ao Acesso à Arte e à Cultura. [EN] Professor of Escola Guignard (UEMG), Graduate Program in Artes (UEMG) and Graduate Program in Knowledge Organization and Management (UFMG). Member researcher and service manager of the Brazilian Network of Digital Preservation Services (IBICT/MCTI, Brazil). Director of the research, development and innovation group (CNPq) Laboratory of Front Poetics [http://labfront.tk]. Writer and editor of: "The memory of digital and other issues of the arts and museology" (UEMG PRESS, 2019), "Contemporary paths: realities of art, science and technology" (UEMG PRESS, 2018), "Reflecting on Culture" (UEMG PRESS, 2017), "Post-digital configurations: tecnological culture and art" (EdUEMG, 2017), "Games and society" (Crisálida Press, 2012), Walter Benjamin "Side B" (Chisálida Press, 2011), among others books and articles. Researcher of the groups "Studies and Practices of Digital Preservation" and "Studies of the Collections of Writers from Minas Gerais". He acts: in curatorship, creation and production in the field of culture, digital arts and sciences; as professor in frontier courses such as the Biological Machine Engineering Course (UFMG, UEMG, UFV and Newton Paiva); in biennial curatorship, exhibitions and artistic residences. He is coordinator of the Institutional Extension Program (UEMG) Rights to Production and Access to Art and Culture. [ES] Profesor de la Escuela Guignard (UEMG), PPGArtes (UEMG) y del PPGGOC (UFMG). Miembro investigador y gestor de servicios de la Red Brasileña de Servicios de Preservación Digital del IBICT/MCTI (Brazil). Coordinador del grupo de investigación (CNPq) Laboratorio de Poéticas Fronterizas [http://labfront.tk]. Escritor y editor de los libros: "La memoria del digital y otras cuestiones de las artes y museología" (EdUEMG, 2019), "Recorridos contemporáneos: realidades del arte, la ciencia y la tecnología" (EdUEMG, 2018), "Configuración del post-digital: arte y cultura tecnológicas" (EdUEMG, 2017), "Reflexión sobre la cultura" (EdUEMG, 2017), "Juegos y sociedad" (Crisálida, 2012), Walter Benjamin "Lado B" (Crisálida, 2011) entre otros libros y artículos. Investigador de los grupos "Estudios y Prácticas de Preservación Digital" y "Estudios de los Acervos de Escritores Mineros". Actúa: en la curaduría, creación y producción en el campo de la cultura, artes digitales y ciencias; como profesor en cursos de frontera como el Curso de Ingeniería de Máquinas Biológicas (UFMG, UEMG, UFV y Newton Paiva); curaduría de bienal, exposiciones y residencias artísticas. Es coordinador del Programa Institucional de Extensión (UEMG) Derechos a la Producción y al Acceso al Arte ya la Cultura.

Drª Ermelinda Maria Araújo Ferreira (UFPE)

Formada em Medicina e Letras, mestre e doutora em Letras pela PUC-Rio e Universidade de Lisboa. Pós-doutorado em Letras na Universidade Nova de Lisboa. Professora do curso de Letras e do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), colaboradora do Instituto de Estudos Modernistas da Universidade Nova de Lisboa (IEMo). Líder do Núcleo de Estudos em Literatura e Intersemiose (NELI/UFPE). Editora da Intersemiose - Revista digital. Pesquisadora do CNPq 2012-2018.

MESA 03

Dra. Lúcia Maria de Assunção Barbosa (UnB)

Doutora em Estudos Portugueses, Brasileiros e da África Lusofônica pela Universite Paris VIII (2005). Fez estágio Pós-doutoral na Universidade Federal do Ceará, com visita acadêmica na Universidade de Aveiro (Portugal) (2016-2017). Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Licenciada em Letras (Português - Inglês) pela Universidade Federal de Mato Grosso (1984). Professora Adjunta da Universidade de Brasília (UnB), onde leciona Português para Estrangeiros. Faz parte do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da UnB. É docente colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Estadual de Mato Grosso (UNEMAT). É Pesquisadora das redes de pesquisas internacionais: RIdER (Reseau International dÉtudes Romanes) e PICNAB: Projeto Internacional de Investigação Científica Nantes, Aveiro e Brasília.É membro do Conselho Nacional de Imigrações (CNIg) e Membro da Comissão Técnico-Científica do Celpe-Bras. Em 2016, atuou como professora visitante/convidada na Université Paris VIII (França). É coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refúgio - ACNUR). Atua principalmente nos seguintes temas: Português para Estrangeiros (PLE); Português Língua de Acolhimento (PLAc); Português como Língua Não Materna (PLNM); Migrações internacionais contemporâneas; Plurilinguismo, Cultura e ensino de línguas, Lexicultura; Interculturalidade Crítica, Educação para as relações étnico-raciais.

Dr. Miguel Dias (UNILAB)

Licenciado em Gestão de Empresas, mestre em Comportamento Organizacional e doutor em Educação. Atualmente é professor adjunto no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, atuando no Curso de Administração Pública nas áreas de Relações Internacionais, Comportamento Organizacional, Inovação e Criatividade. Em termos de pesquisa, concentra a sua atividade nas áreas do Comportamento Organizacional, Inovação, Sistemas de Informação, Tecnologia Educativa e Políticas Públicas na Educação. Tem exercido cargos nas áreas de Gestão do Ensino Superior, Implementação de Sistemas de Informação, Gestão de Projectos, Tecnologias Educativas e Projectos de Cooperação para o Desenvolvimento. Tem atuado em projetos internacionais como formador, pesquisador e consultor em países como Brasil, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Moçambique, Espanha e Honduras. Regularmente dinamiza várias palestras, cursos e workshops nas áreas de Inovação, Tecnologias e Sistemas de Informação, Técnicas de Comunicação em Público, Criatividade nas Organizações e Gestão de Pessoas. Colabora ainda em grupos de pesquisa com a Universidade de Santiago (Cabo Verde), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Brasil), Universidade Federal de Santa Maria (Brasil) e a Universidade Nacional da Costa Rica.

MESA 04

Dra. Maria Jose Bocorny Finatto (UFRGS)

Pesquisadora premiada do LARA 2019 - Latin America Research Awards, promovido pela empresa Google, com a proposta MedSimples, ferramenta de auxílio à simplificação de textos sobre temas de Saúde. Professora Titular Aposentada da UFRGS pelo Setor de Linguística em 2019. Colaboradora convidada do PPG-LETRAS-UFRGS, vigência até 2023. Bolsista Produtividade-Pesquisa (PQ) do CNPq desde 2007. Coordenadora do PPG-Letras UFRGS de 2014 a 2015 (Conceito CAPES 7 em 2017). Integra o grupo de pesquisa TERMISUL (UFRGS) desde 1993. Docente da UFRGS desde 1994. Fundadora do grupo de Pesquisa em Linguística de Corpus para região Sul (GELCORP-SUL, 2010). Doutora em Letras (UFRGS, 2001). Pós-Doutorada em Ciência da Computação junto o Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC) do ICMC-USP em 2011. Bolsista Estágio Sênior CAPES junto à Universidade de Évora, Portugal, em 2017, com pesquisa sobre Terminologia Histórica. Disciplinas de pós-graduação: *Fundamentos de Terminologia* e *PLN para linguistas* na linha de pesquisa *Lexicografia e Terminologia: relações textuais* do PPG-Letras da UFRGS. Ex-regente das disciplinas *Introdução à Terminologia*, *Léxico e Dicionários* e * Teorias de leitura (em tradução)*, obrigatórias na graduação em Tradução da UFRGS. Orientadora de mestrado, de doutorado e supervisora de pós-doutorado. Coordenou o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu *Especialização em Estudos Linguísticos do Texto* de 2004 a 2009. Temas de pesquisa: Acessibilidade Textual e Terminológica em temas de Saúde para Leigos (PQ 2017-2020), Linguística de Corpus, Terminologia Histórica/Diacrônica, Humanidades Digitais, Linguística das Linguagens Especializadas baseada em Corpus, Processamento da Linguagem Natural, Lexicologia e Estatística Lexical, Lexicografia, Estudos do Texto, Tradução e Enunciação Científica, padrões do português popular escrito (Projeto PorPopular - www.ufrgs.br/textecc) e Educação a Distância. Desenvolve produtos on-line para aprendizes de tradução (http://www.ufrgs.br/textecc/traducao/). Coordenadora (2006-2008), vice-coordenadora (2009) e pesquisadora (2010 - ano atual) do grupo TERMISUL (www.ufrgs.br/termisul). Terminóloga responsável do *Dicionário de Linguística da Enunciação* (2009, Ed. Contexto). Coordenadora e Vice-Coordenadora do GT Lexicologia, Lexicografia e Terminologia da ANPOLL (2006-2010). Membro da APARS - Associação Parkinson do RS, entidade filantrópica de apoio a pessoas com Parkinson.

Dr. Francisco Wellington Borges Gomes (UFPI)

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Letras Inglês pela Universidade Estadual do Piauí (2001), Mestrado (Universidade Estadual do Ceará - 2006) e doutorado (Universidade Federal de Minas Gerais - 2010) em linguística Aplicada. Tem experiência na área de linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de língua estrangeira, tradução audiovisual, metodologias de ensino de línguas, linguagem e tecnologia. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Piauí, atuando nas áreas de Linguística e Língua Inglesa.

Anna Christina Bentes (UNICAMP)

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1986), mestrado em linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992), doutorado em linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Fez pós-doutorado no Departamento de Antropologia da Universidade da California, Berkeley (2006). Atualmente é professora do Departamento de Linguística da Universidade Estadual de Campinas. Seu Grupo de Pesquisa no CNPq intitula-se "Linguagem como prática social: analisando a produção, a recepção e a avaliação de interações, gêneros do discurso e estilos linguísticos". Atua nas áreas de Sociolinguística, Linguística do Texto e do Discurso e Linguística Aplicada. Organizou, com Fernanda Mussalim a coleção "Introdução à linguística", volumes 1, 2 e 3; com Ingedore Koch e Edwiges Morato, a obra "Referenciação e Discurso"; e com Marli Quadros Leite, "Linguística Textual e Análise da Conversação: panorama das pesquisas no Brasil." É autora do livro didático "Linguagem: práticas de leitura e escrita", volume 2, e é coautora, com Ingedore Koch e Mônica Cavalcante, da obra "Intertextualidade: diálogos possíveis". Organizou e traduziu, com Renato Rezende e Marco Antônio Machado, a obra "Lingua como prática social: sobre as relações entre língua, cultura e sociedade a partir de Bourdieu e Bakhtin", composta por artigos de William Hanks. Foi coordenadora do Grupo de Trabalho "Linguística Textual e Análise da Conversação" da ANPOLL nos Biênios 2008-2010 e 2010-2012. É membro do Comitê Gestor e Editorial da Cortez Editora. Também coordena o Centro de Pesquisa "Margens", do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP (Biênio 2009-2011), do qual fazem parte os pesquisadores Suzi Sperber, Sandoval Nonato Gomes Santos, Renato Cabral Rezende e Rosane Alencar. Tem atuado desde 2010 como parecerista das seguintes agências: CAPES, FAPESP e CNPq. Coordena, com Márcia Mendoinça e Marcos Lopes, o Programa PIBID Letras Unicamp, iniciado em 2014. Seus estudos concebem a abordagem da língua(gem) a partir de uma teoria da prática social, focando precisamente nas relações entre a ação verbal, o sistema linguístico e outros sistemas semióticos, e as ideias que os falantes possuem sobre a língua e sobre o mundo social do qual fazem parte. Em função disso, os objetos de estudo privilegiados em suas pesquisas são: i) a heterogeneidade do fenômeno linguístico, com ênfase nos estudos sobre a elaboração de estilos e a formação de registros linguísticos, considerando especialmente recursos textuais-discursivos e multissemióticos, além do fenômeno da reflexividade; ii) a produção, a circulação e a recepção de gêneros do discurso; iii) a estruturação de práticas interativas institucionais.